DemocracyOS: Um upgrade na política

A urgente busca por plataformas de representação democrática melhores e mais atuais e como as novas formas de interação social estão mudando o mundo.

Pia Mancini é uma cientista política e ativista argentina que percebeu que estamos vivendo o que já pode ser identificado como "A década dos protestos". Pelo mundo todo, as sociedades estão insatisfeitas com seus governantes e estão utilizando os meios de comunicação e tecnologia para se organizar, debater ideias e protestar.

Isso é muito real para o caso do Brasil. A cada semana surge um novo debate político, um novo-modo-de-estar-politicamente-instasfeito-que-ninguém-nunca-esteve-antes e novos convites para protestos e mais protestos em redes sociais. Mas para onde vamos depois daí? Que soluções práticas surgem dos debates intermináveis nas redes e nas mesas de bar? E, mais importante, como podemos ser ouvidos?

Para Pia, nossos sistemas democráticos atuais são construídos com tecnologias e técnicas de 200 anos atrás, baseados em instituições do século 19. O que só pode nos levar a dois tipos de resultados: silêncio ou barulho.

Silêncio no sentido de os cidadãos não se engajarem, simplesmente não querendo participar. (...) Então, temos o barulho: Chile, Argentina, Brasil, México, Itália, França, Espanha, Estados Unidos, todos são democracias. Seus cidadãos têm acesso às urnas de votação. Mas eles ainda sentem a necessidade de sair às ruas para que sejam ouvidos.

Diversos desses protestos foram capazes de mudar a cabeça de políticos, derrubar políticas prejudiciais ou até governos autoritários e isso é ótimo. Mas como iremos além? Para aumentar o diálogo entre instituições e sociedade não podemos simplesmente derrubar o sistema e tentar construir algo novo do zero, mas podemos mudar o sistema, nos infiltrar na discussão de temas que são relevantes e debater ideias de forma organizada.

Em Outubro de 2014, Pia esteve no Rio de Janeiro para contar a empreitada dela e de seus companheiros ao tentar construir uma plataforma aberta de participação democrática chamada DemocracyOS e em como seria possível tornar essa plataforma relevante no meio político. O Talk é extremamente interessante e eu não vou contar o final para que você possa ter a mesma sensação de "Eureka!" que eu tive conforme o discurso dela progride para a conclusão.

Estamos longe de ter as respostas definitivas para todos os anseios democráticos da sociedade, mas estamos em um caminho no mínimo interessante.

PS: Também vale ficar de olho em algumas iniciativas parecidas aqui no Brasil para ampliarmos a discussão por aqui.

Foto de Vinícius Ribeiro

Vinícius Ribeiro

Apaixonado por tecnologia e inovação, trabalha com desenvolvimento de sistemas e aplicativos há alguns anos.